Imprimir

THC inibe o crescimento e a metástase de câncer do pulmão

THC inibi câncer de pulmãoO câncer de pulmão é a principal causa de mortalidade relacionada ao câncer em todo o mundo. Muitos destes sobre-express do receptor do factor de crescimento epidérmico (EGFR), e são geralmente altamente agressivos e resistentes à quimioterapia. 

Estudos recentes têm mostrado que Δ-9 tetrahidrocanabinol (THC), a principal componente da Cannabis Sativa, possuem propriedades antitumorais contra diversos tipos de câncer. 

Imprimir

Quem usa maconha recupera mais rapidamente os ossos quebrados

Maconha para ossos quebrados

Um novo estudo publicado no Journal of Bone and Mineral Research descobriu que fumar maconha pode ajudar a curar ossos quebrados mais rapidamente.

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv descobriram que ratos com ossos quebrados são curados mais rapidamente quando dados canabinóides, o CBD, um composto não psicotrópico da maconha, e THC o princípio psicotrópico também foi administrado com o CBD.

Imprimir

Artrite e Osteartrite tratados com maconha

Maconha e ArtriteNos Estados Unidos, a Arthritis Society está financiando um estudo sobre como o composto a base de canabidol, pode aliviar a dor neuropática da Osteartrite e a dor da Artrite.

Descobrir se o Canabidiol pode auxiliar na recuperação de articulações afetadas pela artrite. Este é o objetivo do pesquisador canadense Dr. Jason McDougall.

Imprimir

Sistema sensível aos compostos da maconha atua também nos rins, mostra estudo

Maconha e rinsDescoberta abre portas para desenvolvimento de remédios contra a hipertensão e cura de lesões renais.

Há não menos que cinco mil anos a Humanidade conhece as aplicações terapêuticas da maconha (Cannabis sativa) e seus derivados. Os chineses já a empregavam em medicina há milênios. Porém, até agora se acreditava que o sistema do corpo humano sensível aos compostos da maconha agia primordialmente no cérebro. Cientistas brasileiros, porém, descobriram que o chamado sistema endocanabinoide atua sobre os rins, um achado que abre a possibilidade de desenvolver remédios contra a hipertensão e curar lesões renais, estas sem tratamento além da diálise e do transplante de rins.

Imprimir

Maconha é um bom remédio para depressão

Maconha e depressãoUm estudo sobre comportamentos de dependência, publicado pela USC and SUNY Albany, com 4.400 participantes tornou-se a maior investigação de maconha medicinal e depressão feito até à data, descobriram que "aqueles que consomem maconha ocasionalmente ou mesmo diariamente têm mais baixos níveis de sintomas depressivos do que aqueles que nunca experimentaram maconha.". O estudo acrescentou que "os usuários semanais tinham estado de espírito menos deprimidos, foram mais positivamente afetados e tinham menos queixas somáticas do que os não-usuários.".